03/04/2016 – Não Somos deste Mundo – Pt I
Por Comunicação BNA | 338 Visualizações | 04/04/16

download

Sem. 03/04 à 09/04/2016
Fl 3:20

Introdução: Todos nós temos uma nacionalidade; suponhamos que embarquemos para outro país e ao pisar em seu solo nos tornamos estrangeiros, tudo se torna estranho, língua, cultura e lugares. Logo o temor em dar um passo sozinho nesse lugar estranho invade nosso coração, pois o fato de estar em um lugar como estrangeiro gera insegurança na maioria das pessoas.

A bíblia fala que somos estrangeiros neste mundo e que é preciso nos abster das praticas carnais deste mundo, diante disso o temor  precisa invadir nossos corações.  1 Pd 2:11 / Pv 14: 26 – 27.

Em Jo 18:36 Jesus declara que o seu reino não é aqui, e Cl 1:12-13 que através dEle fomos transportados para o mesmo reino, então fica claro que “ não somos deste mundo ”.

Como naturais do reino de Deus  precisamos conhecer mais esse reino, pois temos conhecido mais as coisas deste mundo e menos do reino no qual temos a nacionalidade Eterna. Também temos a responsabilidade de sermos embaixadores aqui na terra 2 Cor 5:20. Como brasileiro preciso conhecer a nossa constituição para exercer bem a cidadania terrena,  mas como cidadãos do reino temos que buscar  discernimento e entendimento das coisas espirituais. Em Rm 14: 17 destaca 3 características do reino de Deus que todo embaixador do reino precisa conhecer e praticar.

  1. Justiça: Vivemos em um mundo que as injustiças são frequentes, vemos injustiça todo o tempo e em diversas classes sociais e lugares. Diferente desse mundo o  reino de Deus é justiça, pois o Senhor é a própria justiça e sabe todas as coisas Pv 15:3.
  1. Paz: As aflições deste mundo tem inquietado muitas pessoas, a ansiedade do dia a dia pela prosperidade e a tal felicidade que não se encontra, são as marcas que penetra aqueles que vivem somente para este mundo, mas àqueles que estão neste mundo mas não são deste mundo o Senhor afirma algumas de suas verdades. Jo 16:33 / Fl 4:6-7.
  1. Alegria: Para aqueles que vivem verdadeiramente a nacionalidade celestial não precisam de noites e dias com bebidas ou farras que o mundo oferece, o Senhor oferece alegria verdadeira que não acaba no fim de uma farra, mas essa alegria é eterna, pois Ele é eterno. Jo 15:11.

Conclusão: É tempo de assumirmos a nacionalidade celestial, conhecer as características desse reino e  viver a plenitude  e segurança que somente o Deus soberano Rei  pode oferecer. 2 Tm 4:18.

Prs. Ronaldo Dias / Pra. Fátima S. A. Dias
“2016 Ano da Reforma”
www.bna12.com

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

 Top