07/05/2017 – Aprendendo Com As Formigas – Parte II
Por Comunicação BNA | 250 Visualizações | 08/05/17

 

“Aprendendo com as Formigas” (Parte II)

 

Sem. 07 a 13/05/2017

“Vai ter com a formiga, ó preguiçoso, considera os seus caminhos, e sê sábio; a qual, não tendo chefe, nem
superintendente, nem governador, no verão faz a provisão do seu mantimento, e ajunta o seu alimento no
tempo da ceifa. Ó preguiçoso, até quando ficarás deitado? Quando te levantarás do teu sono? Um pouco para
dormir, um pouco para toscanejar, um pouco para cruzar as mãos em repouso; assim te sobrevirá a tua pobreza
como um ladrão, e a tua necessidade como um homem armado. (Provérbios. 6:6-9).
A Bíblia diz que na vida de algumas pessoas, a “pobreza sobrevirá como um leão”. Mas isso não
acontece sem motivo. Por isso o Senhor diz: “Vai ter com as formigas, ó preguiçoso, considere os seus
caminhos…” (Provérbios. 6:6). Lógico que o contexto deste texto é uma advertência aos preguiçosos (preguiça
é você querer descansar, antes mesmo de ficar cansado… Tem gente que só de pensar em trabalhar já estão
cansadas). Mesmo que você não se enquadre nesta “classe de pessoas”, podemos ser edificados por este texto
e aprender lições extraordinárias que podem elevar o nosso nível de conquistas, pessoal, familiar, ministerial
e financeira. Lendo o texto de nossa referência, pensei: o que posso aprender com as formigas? Então resolvi
dar uma rápida pesquisada sobre elas, e logo percebi o quanto podemos aprender com estes insetos (que fazem
parte do nosso dia a dia, pois sempre estamos protegendo nossos alimentos para que não sejam atacados por
elas). Creio que observando algumas das suas características, podemos tirar mais algumas lições:
1) Aprender a trabalhar em Equipe – Formigas são organizado e se completam. “Quando uma obreira
encontra comida ela deixa um rastro no caminho de volta para a colônia, e esse é seguido por outras
formigas que reforçam o rastro quando elas voltam à colônia” (https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Formiga,
acesso em 07/05/17). Aqui vemos a importância do trabalho em equipe, logo que uma das formigas
encontra o alimento, logo recebe a companhia e juntas e organizadas começam o trabalho. Precisamos
aprender a trabalhar em equipe, compartilhar responsabilidades. “Sozinho talvez você pode até ir mais
rápido, mas juntos podemos ir mais longe”. É tempo de transacionar a sua mente, aprender a trabalhar em
equipe. Não seja centralizador, saiba que aquilo que não sabemos fazer, ou não temos condições para
executar, Deus sempre coloca alguém para nos completar. Não queira fazer tudo sozinho (as vezes no
início a tarefa não sai exatamente como gostaríamos, mas precisamos dar oportunidades para que as
pessoas ao nosso lado também aprendam e se sintam úteis). Por outro lado, ainda existem aqueles que
ficam assistindo inertes, passivos, vivem desconectados com a realidade do momento. Transicione a sua
mente, se torne uma pessoa de iniciativa, se torne útil para as pessoas, e para Deus. Temos o exemplo
muito claro de transformação neste sentido: “todavia prefiro rogar-te por esse teu amor, sendo eu como
sou, Paulo o velho, e agora até prisioneiro de Cristo Jesus, sim, rogo-te por meu filho Onésimo, que gerei
nas minhas prisões; o qual outrora te foi inútil, mas agora a ti e a mim é muito útil”. (Filemon 1:9-11).
2) Elas compartilham de suas conquistas – Estamos vivendo uma época de muita concorrência, de muita
competição, e isso tem tornado muitas pessoas egoístas que pensam só em si mesmas. Aqui temos outra
característica muito interessante para aprender: “Quando uma obreira encontra comida ela deixa um
rastro no caminho de volta para a colônia, e esse é seguido por outras formigas que reforçam o rastro”.
Elas facilitam o caminho para que todas tenham acesso a sua conquista, elas compartilham do seu êxito.
Que lição tremenda podemos aprender! A benção de Deus é derramada sobre um povo que caminham em
unidade. O Senhor tem conquista extraordinárias para nós nestes dias, estamos debaixo de um decreto de
benção maravilhoso.
Conc. “Deus abençoará as obras das nossas mãos”. Este é um decreto poderoso, não fique de fora! Mas para
que entremos neste nível de vida, precisamos mudar o nosso comportamento, reavaliar os nossos
posicionamentos e deixar o Espírito de Deus nos levar nas suas dimensões. Bem-vindo para voar nas asas do
Espírito e desfrutar das suas promessas! Novo tempo, novas atitudes, novas conquistas!
Referência: (https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Formiga, acesso em 07/05/17).
Apóstolos Ivanildo e Cássia Beatriz
07/05/17. “2017 – A Minha Família no Altar”
Acesse: www.bna12.com.br

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

 Top