08/03/2015 – Vivendo com Propósito
Por Comunicação BNA | 260 Visualizações | 09/06/15

viver_com_fe

Fil. 3:12 -21; 4:1
Sem. 08 à 14/03/14.

O apostolo Paulo, no texto em estudo, afirma o quanto é importante o cristão alcançar a maturidade espiritual. Pois dela depende a sua visão acerca das coisas de Deus. “Todos nós que alcançamos a maturidade devemos ver as coisas dessa forma…” (Fil. 3:15,16). Em I Cor. 2:12-16, também afirma que as coisas espirituais não podem ser entendidas pelo natural, as coisas concernentes ao Reino Espiritual só são compreendidas pelo “homem” espiritual. Não são poucas as pessoas que vivem de um lado para o outro buscando por todos os meios a compreensão das coisas do Espírito, e muitas delas com um coração puro acaba por se tornar escravas de praticas de enganadores que fazem do evangelho uma oportunidade para escravizar alguns cristãos. Muitos já não buscam a Deus para ouvir a Sua voz, mas vivem consultando “os profetas” acerca do que devem fazer e infelizmente se tornam como meninos levados de um lado para outro (Fil. 4:14).

No texto em estudo o apostolo Paulo expõe o seu principal proposito de vida: a sua busca, o seu esforço para alcançar a maturidade espiritual. Vejamos alguns princípios importantes exposto neste texto:

1) Nunca desista, independentemente das circunstancias – No versículo 12, Paulo afirma que ainda não havia alcançado a maturidade espiritual. Ao homem natural isto é impossível, mas ele estabelece o seu proposito de obtê-la em Cristo Jesus. Prosseguir é o maior desafio, pois todos os dias somos bombardeados pelo sentimento de desistência que insiste em invadir a nossa alma. É preciso fazer como o salmista, dar ordem a nossa alma (Sl. 42:5). Sempre haverá situações criadas com o objetivo de fazer o cristão desistir do “caminho”. O termo grego usado por “prosseguir” significa: perseguir, fazer com diligencia. Paulo estava dizendo: não posso parar, por isso prossigo, e prossigo para o “Alvo”. Ele estava perseguindo, e por nada abriria mão do seu proposito.

2) Não perca o foco – Paulo estava determinado: não seria distraído em seu proposito. Uma das ferramentas poderosas do mundo das trevas tem sido a distração. Muitos se distraem com facilidade, muitas vezes metas na nossa vida não são alcançadas por causa das distrações no meio do caminho. Não perca a concentração! O apostolo Paulo mostra em sua carta a igreja de Filipos o seu objetivo para alcançar a perfeição espiritual. Ele permaneceu centrado no seu alvo, não aceitou nenhuma distração que pudesse lhe tirar seu foco, nem mesmo as tribulações lhe poderia impedir. Paulo chega a mencionar ea sua alegria nas tribulações fazendo delas uma ferramenta para a perseverança na direção do seu proposito. (Rm. 5:3).

3) Não se prenda as experiências do Passado – Sejam boas ou ruins as experiências que já vivemos não podem ocupar o espaço das novidades de vida que o Senhor tem para o Seu povo. As experiências que tivemos no passado foram para aquele tempo. “Esquecendo-me das coisas que para traz ficam…” Paulo esta afirmando que devemos nos desprender das lembranças dos problemas, das derrotas e das vitorias do passado. Ele sabia que se olhasse para o passado perderia a velocidade no seu proposito e até mesmo poderia não alcança-lo. Deus é a fonte inesgotável de vida. Nele podemos renovar as nossas experiências todos os dias.

4) Mantenha os seus olhos em Cristo! Paula estava dizendo aos filipenses: “Avançando para as coisas que estão adiante…” Para manter o proposito de servir a Deus e alcançar a maturidade espiritual é preciso tirar os olhos daquilo que não edifica. Paulo diz: “Todas as coisas são licitas, mas nem todas as coisas convêm…” (I Cor. 10:23). Seja em qual área for de sua vida, Deus sempre avisa do perigo, não coloque os teus olhos naquilo que vai lhe tirar do proposito de Deus em sua vida. Ele sempre tem o melhor, e o melhor é aquilo que podemos ter sem abrir da presença e do proposito de Deus em nossa vida.

Conc. Independente de sua idade, condições sociais, todos nós precisamos viver uma vida com proposito: “Deus Primeiro”.

05/03/15. “Restaurando o Altar para Legitimar uma Colheita Fiel”
Aplos, Ivanildo e Cassia Beatriz.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

 Top