12/04/2015 – Princípios Práticos da Vida Cristã – Parte I
Por Comunicação BNA | 367 Visualizações | 16/06/15

2748

Sem. 12 a 18/04/15
Tg. 1: 1- 27

Em nossa explanação de hoje daremos inicio ao estudo de alguns princípios básicos da vida cristã, apresentados na epistola escrita por Thiago. Muito provavelmente esta carta foi direcionada aos irmãos que foram dispersos devido à grande perseguição que se levantou contra a igreja (At. 8:1).
Esta carta apresenta alguns princípios básicos que fazem toda a diferença na vida daqueles que verdadeiramente decidiram servir a Deus. Thiago tem a preocupação de mostrar a sua posição no reino de Deus. Ele se apresenta como “SERVO” do Senhor, uma característica que ultimamente está em falta na igreja dos nossos dias. Interessante que o autor não apresente um tema teológico. A sua carta não trata da crucificação, da ressurreição, da ascensão ou da volta de Cristo. Esta carta tem como objetivo tratar o presente da vida cristã. Ensinos práticos do dia-a-dia, ela chama a atenção para um estilo de vida nos padrões éticos do Reino de Deus.
“O que caracteriza o Cristão não é a estrutura de sua igreja local, mas sim a qualidade de sua vida pessoal”.

1) Suportando a Crise Sem perder a Visão (1: 12) – Thiago mostra que fugir das dificuldades não produzirá amadurecimento espiritual. É bem verdade que há promessas extraordinárias da parte de Deus para o Seu povo, mas isto não nos isenta das lutas que teremos que travar para manter a fidelidade da nossa chamada. Muitos estão condicionados a um evangelho de facilidades e conveniências. Quase sempre as pessoas estão procurando o caminho da facilidade, buscando atalhos, agindo na própria força, tomando suas próprias decisões, sem antes ouvir a voz de Deus.
Thiago apresenta a vida cristã como uma chamado para a maturidade. Teremos vitória com certeza, mas não sem antes lutar para obtê-la. Cada desafio vencido contribui para a formação do nosso caráter e fortalecimento da nossa fé. Não podemos viver uma vida de derrotados, fugindo dos problemas. A verdade é que independentemente de para onde você vá, os problemas sempre aparecerão, muitas vezes não podemos impedi-los, pois eles surgem como uma oportunidade para
nossa fé ser provada e aprovada. Por isso, se você tem problemas, não entregue os pontos. Enfrente as suas dificuldades com fé no Senhor. Nas lutas travadas está a oportunidade de vermos o agir de Deus em nosso favor.
2) A Prática da Palavra de Deus é o Segredo do Sucesso (1: 22 – 25) – Thiago compara aquele que ouve a palavra de Deus e não a pratica “como o homem que contempla no espelho o seu rosto natural, porque se contempla a si mesmo e vai-se, e logo se esquece de como era”. Ou seja, o mero ouvinte vê as suas falhas por corrigir, mas não se incomoda e logo as esquece. Esse procedimento tem levado muitos cristãos a viverem uma vida medíocre, tediosa, insípida, sem um relacionamento vivencial com o Senhor. Thiago tem como objetivo em sua carta apresentar um cristianismo de prática e não um mero compromisso social e sem experiências com Deus. O contexto destes versículos apresenta que aquele que atenta para a palavra e a pratica, assim o faz em três aspectos: controle da língua, compaixão pelos necessitados e uma vida sem contaminação com este mundo. Estas características apresentadas certamente refletirão a luz de Cristo em nossa vida, o nosso testemunho será verdadeiro e não seremos reconhecidos somente pelo estereótipo cristão. Pois o cristianismo é essencialmente vida, vida com Deus que se manifestará em nosso relacionamento com os homens e no sucesso de nossas realizações em linha com a vontade divina. Que o Senhor nos de graça para que sejamos práticos na vida cristã e alcancemos o proposito para o qual nascemos e estamos aqui. Deus o abençoe. (continuaremos no próximo estudo)

10/04/15. “Restaurando o Altar para Legitimar uma Colheita Fiel”
Aplos. Ivanildo e Cassia Beatriz

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

 Top