14/02/2016 – Removendo os entulhos para iniciar uma grande obra (Parte II)
Por Comunicação BNA | 386 Visualizações | 15/02/16

reforma

Sem. 14/02 a 20/02/2016
Neemias 4

A semana passada falamos sobre retirar os entulhos para começar uma reforma, nessa semana abordaremos sobre o quanto é importante fechar as portas e vigiar.

Quando há uma manada de ovelhas e seu pastor pelo campo, quando uma de suas ovelhas distancia desta manada esta fica mais propícia para o lobo, pois ela está desprotegida e vulnerável. Sabemos que o inimigo está ao nosso derredor dia e noite, por isso precisamos estar protegidos e vigilantes em todo tempo. Podemos tomar por exemplo, a reconstrução dos muros de Jerusalém, ao estudar o livro de Neemias, vimos os cuidados e estratégias de Neemias para impedir as artimanhas e ciladas de seus inimigos, que tinha como objetivo fazê-lo desistir, mas ele foi sábio e não caiu em nenhuma delas.

Após a construção dos muros os portões não estavam no seu lugar, então os inimigos começaram colocar suas estratégias em práticas:

Usou o próprio amigo: Precisamos estar atentos com quem podemos contar em nossas guerras, nem todos são confiáveis, alguns irão te ajudar, outros irão apenas ser usados pelo inimigo para tentar te paralisar.

Enviaram recados: Neemias não se aproximou de seus inimigos, mas em todo tempo ele foi sábio e os venceu apenas de longe, sem bater de frente. O nosso erro muitas vezes é bater de frente é se colocar em lugar de risco, ou seja, se colocar na rota da tentação. Neemias deu uma resposta que refletia o seu objetivo: “estou em uma grande obra e não posso parar”. Qual seria a resposta de muitos de nós? Nos dias de hoje, a resposta de alguns seria: “Vou lá ver pra ver o que acontece”…

É necessário estar vigilantes o tempo todo durante esta reforma, pois estamos sendo assistidos o tempo todo pelo inimigo, e por aqueles que são lobos em pele de cordeiro, vigiem e orem dia e noite. Precisamos tomar posse das armas que Deus nos disponibilizou: a oração, a palavra e o jejum. Nesse tempo que estamos vivenciando como igreja, vamos aproveitar o máximo para nos fortalecer e nos preparar, pois o inimigo não está satisfeito conosco, ele está também procurando estratégias para tentar nos vencer, tentar nos paralisar. Tome posse da armadura de Deus.

Eles estavam em reforma, mas também pronto para guerrear se necessário fosse.

A importância de fecharmos os portões é para que o inimigo não veja o que temos em nossas casas. Os portões por onde o inimigo entra, pode ser as janelas da nossa alma: olhos, ouvidos, e lábios, o pecado começa na mente, então o que entra em nossas mentes com certeza, é aquilo que vemos, ouvimos etc.(cuidado boquinha o que fala, cuidado olhinho o que vê).

Conclusão: É necessário retirarmos todo o entulho para começarmos a reforma. Todas as brechas precisam ser fechadas e os portões colocados em seus lugares para que o inimigo não entre. Estar atentos e vigilantes não é uma opção para o cristão e sim um dever para que o inimigo não tire o nosso foco. Continue trabalhando, mas também esteja vigilante  e preparado para guerrear se necessário for. Aproveite esse tempo como igreja, pois Deus está selecionando seus soldados para uma grande obra.

2016 “Ano da Reforma”
Juliano Oliveira e Rebecca Crisley

www.bna12.com.br

1 Comentário

  1. Muito forte!

    Não dá para Reformar se deixamos os entulhos no meio do caminho. Uma hora, tropeçamos.

Deixe o seu comentário!

 Top