15/02/2015 – A Consagração a Deus Atrai a Sua Unção. Parte II
Por Comunicação BNA | 434 Visualizações | 09/06/15

deus-precisa-da-fe-para-realizar-milagres

22 Sem. 15 a 21/02/2015
Jz. 16:19

Int. Vimos no estudo anterior que estrategicamente o inimigo tem mantido as pessoas a sombra do pecado. Assim preparando a oportunidade para prendê-las em suas artimanhas malignas. Entendemos que a Unção liberada de Deus quebra o jugo das trevas e é resultado de uma vida consagrada, reta diante de Deus. “Quando Sansão perdeu a Unção do Espirito de Deus, o resultado foi devastador em sua vida”.

1) Perdeu a visão – Assim que o inimigo aprisionou Sansão, aproveitando-se de sua fraqueza, lhe feriu os olhos. Sem uma visão correta do Reino de Deus, não poderemos ir muito longe. E preciso ter uma visão clara de onde queremos chegar. A bíblia diz que o homem espiritual discerne bem todas as coisas e que o homem carnal nada sabe das coisas inerentes ao Reino de Deus (1 Cor. 2:14,15). Não são poucas as pessoas que ficam correndo de um lado para outro sem direção procurando algo que possa satisfazer o seu coração. A consequência da perda da visão leva à falta de discernimento, da sensibilidade espiritual e faz com que a pessoa não avance, fique andando em círculos convivendo com os mesmos problemas e não consiga se desvencilhar das prisões que a mantém na cegueira espiritual. Algumas destas pessoas se tornam presas de enganadores que usam o nome de Deus para mantê-las no engano. A visão é uma ferramenta poderosa que o Senhor nos concedeu para que alcancemos os Seus propósitos no Reino de Deus.

2) Foi Levado a Fazer Trabalho Escravo – Que ironia! Aquele que tinha nascido com o proposito de libertar o seu povo, se tornou escravo, e objeto de humilhação dos filisteus. A estratégia do inimigo é fazer com que o cristão perca a sua liberdade. Sansão quando perdeu a unção do Espirito de Deus, também perdeu o poder para subjugar o inimigo e passou a ser dominado por ele. Existem pessoas que uma vez já foram libertas pelo Senhor, mas infelizmente se tornaram novamente escravas de suas vontades vivendo debaixo das cadeias do diabo. Estes estão como Sansão no fundo do cárcere, fazendo trabalho escravo e se tornaram escravos acorrentados cooperando com os caprichos do império das trevas.

3) A Unção de Deus Restaura a Nossa Posição Espiritual – A unção de Deus é resultante de uma vida consagrada a Deus. Quando o óleo do Espirito de Deus desce sobre nós, as cadeias são rompidas, a Visão é restaurada e o proposito de Deus começa a ser exercido em nossa vida. Sansão, no fundo do cárcere, buscou ao Senhor em arrependimento e encontrou graça diante de Deus. A unção de Deus veio sobre a vida de Sansão e ele cumpriu o proposito do Senhor para o seu povo. (Jz. 16: 28-30).

Conclusão – Quando a unção do Espirito de Deus está sobre a nossa vida, passamos a ver além das fronteiras das dificuldades e a fazer o nosso melhor para o Reino de Deus. O nosso testemunho entra em outra dimensão, passamos da dimensão carnal e começamos a experimentar o sobrenatural de Deus. É isso que Deus tem para o Seu povo: uma vida abundante e frutífera na Sua presença. Hoje, Deus quer te dar uma nova oportunidade de viver os seus propósitos. Não importa como você está
vivendo agora, Ele pode mudar a direção de sua vida. Sansão estava no fundo do cárcere, havia perdido tudo, mas ele se lembrou do Senhor. Jesus tem o melhor para todo aquele que nEle crê e o busca de todo o coração. Entregue a sua a vida a Ele, e começa a experimentar uma nova vida na presença dEle.

14/02/2015 “Restaurando o Altar para Legitimar uma Colheita Fiel”
Aplos. Ivanildo e Cassia Beatriz.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

 Top