15/11/2015 – Cristo, a base para uma frutificação permanente
Por Comunicação BNA | 408 Visualizações | 17/11/15

videira1

Sem. 15 a 21/11/15
João 15:1-8

“Conhecidos pelo fruto”
“Eu sou a videira verdadeira e o meu Pai é o agricultor” (v.1).
O Pai celestial é o agricultor do universo, Jesus é a videira verdadeira, nós somos os ramos enxertados nesta videira.
Propósito do Agricultor:
O Senhor cuida, e poda para que os ramos que estão na videira sejam saudáveis e produtivos.

Propósito da Videira:
A videira dispõe aos ramos todas as condições necessárias para que cumpram o seus propósitos.

Propósito dos ramos:
Produzir frutos. Jesus é a videira protetora, e todos os seus ramos estarão protegidos nEle. É impossível ao ramo que está na videira negar o seu propósito, que é produzir fruto. (v. 16).

Condições para que os ramos cumpram o seu propósito:

1) Permanecer na Videira – Neste quesito encontramos um princípio que não podemos desprezar. Cristo permanecerá em nós enquanto permanecermos nEle. (v. 4). Entre os versos 4 e 7, Jesus afirma e reafirma o princípio da “permanência” como quesito indispensável para que possamos cumprir o propósito para o qual fomos chamados (v. 16).
“Permanecer” É muito mais que cumprir um dever religioso, é mais que ser um simpatizante do evangelho. Permanecer nEle não é segui-lo por conveniência ou por uma simples recompensa terrena e temporal, é viver nEle. Isso significa uma entrega por completo e sem reservas. É também não abrir mão do privilégio de servir ao Senhor, mesmo em circunstâncias que não conseguimos entender continuaremos prosseguindo, amando ao Senhor e vivendo de forma a glorifica-lo.

2) Permanecer nos seus Mandamentos – É Perseverar na palavra de Deus até o fim. Deixar que a palavra de Deus nos guie em todas as áreas da nossa vida. É passar por uma profunda transformação que seja capaz de provocar mudanças até mesmo nos mais arraigados conceitos existentes em nossa alma. (Rm. 12:2).
Para que essa transformação aconteça, e verdadeiramente nasça um discípulo de Jesus, é preciso:
 Negar a si mesmo (Mt. 16:24)
 Renunciar conceitos e tradições (Lc. 14:26)
 Disposição para abrir mão por amor a Cristo (Lc. 14:33)
 Dar frutos ((Jo. 15:8).

Conc. Ninguém é auto suficiente, nem pode dar o que não recebeu antes. Jesus diz: “Eu sou a videira; vós sois as varas. Quem permanece em mim e eu nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer” (Jo. 15:5). Só estando ligado na videira verdadeira, receberemos da Sua essência para poder produzir o fruto esperado pelo o Agricultor, o Senhor.

14/11/15. “Restaurando o altar para legitimar uma colheita fiel”.
Ap. Ivanildo e Cássia Beatriz
www.bna12.com.br

1 Comentário

  1. Adilson disse:

    Esta mensagem é maravilhosa é só permaneçer na videira é só permaneçer em Jesus Cristo nosso salvador eterno e poderoso. . Assim daremos muitos frutos pois este é o grande propósito do dono da videira.

Deixe o seu comentário!

 Top