16/07/2017 – Deus de Pacto, Deus de Toda Graça
Por Comunicação BNA | 81 Visualizações | 17/07/17

 

DEUS DE PACTO, PAI DE TODA GRAÇA”.

 

1 Pe. 5:10; Rm. 8:1-4

Sem. a 16 a 22/07/17

 

A Bíblia revela o designo do Diabo (João 10:10). O propósito das trevas é trazer destruição, e morte na vida do homem. O pecado cauteriza e obscurece o entendimento! A ignorância espiritual provoca dureza do coração e gera insensibilidade,separando o homem da vontade de Deus e, consequentemente, o torna escravo do pecado, condenado a morte eterna. Pois o salário do pecado é a morte!
Mas a Bíblia diz: onde abundou o pecado superabundou a Graça! (Romanos 5:20). Todos, sem exceção, somos devedores
à Graça de Deus – Favor imerecido da parte de Deus para com os pecadores. Fomos alcançados pela Graça, não merecíamos, mas o Deus de toda Graça, por meio do sacrifício de Cristo Jesus quebrou as fortalezas do pecado. Jesus disse: “Conhecereis a verdade, é a verdade vos libertará” (João 8:32). Mas o filho de Deus se manifestou para desfazer as obras das trevas na vida daqueles que entram em aliança com Ele.

“A graça se manifestou desfazendo toda a condenação por meio do sacrifício, morte e ressureição de Jesus Cristo”.

1) Tudo que somos é resultado da Graça de Deus – Jesus Cristo, o Filho de Deus, foi enviado pelo Pai a fim de nos salvar e dar vida eterna. A Graça de Deus se manifestou demolindo todo designo das trevas. Pois ao receber ao Senhor Jesus como Senhor e Salvador, o homem recebe justificação e perdão. “Agora, pois, já nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus”. Só por meio da manifestação da Graça divina poderia mudar aquilo que era impossível ao homem (Romanos 7:24). Uma vez que todos somos pecadores e que desde o início de nossa vida até hoje temos cometido muitos pecados, e, por isso, somos culpados e dignos de condenação, como é possível alguém ficar completamente isento de qualquer condenação? Jesus viveu uma vida perfeita, sem pecado, e cumprindo o propósito de Deus, Jesus morreu em uma cruz, em nosso lugar e em nosso favor.
Ele levou sobre Si os nossos pecados e sofreu toda a condenação que nós merecíamos, todas as acusações que pesavam contra nós, Ele as tomou para Si. Por isso quando o aceitamos e cremos no que Ele fez por nós na cruz, e passamos a viver para Ele em novidade de vida, nos tornamos isento de toda e qualquer condenação. (Romanos 8:1)
Fomos redimidos da culpa, porque Ele levou sobre si a nossa culpa; não há mais condenação porque Ele se fez culpado pelas nossas transgressões. Ele sofreu e morreu por nós. Por causa de Cristo somos libertos de toda e qualquer condenação. (Colossenses 2:13-15). Somos o resultado da Graça por meio da manifestação de Jesus Cristo.

2) Espírito de Vida como resultado da Graça de Deus em nossa vida – A lei denunciava o pecado, mas não era capaz de livrar o homem da condenação do pecado. Todo aquele que não cumprisse a lei era condenado com a morte. A lei se tornou enferma devido ao pecado, pois o homem não conseguiria cumprir toda lei e com isso pecava contra Deus. O Senhor enviou seu próprio Filho na semelhança de homem, estando sujeito ao pecado, porém em nada pecou, por isso com autoridade cumpriu a lei e condenou o pecado através da Sua morte e ressurreição. (Romanos 8:2,3). Assim manifestou uma nova lei, a lei do Espírito de Vida. A lei que nos livra da condenação do pecado, e nos dá vida eterna (João 3:16). O que era impossível, tornou possível, não pelos nossos méritos, mas pela obediência de Cristo, a sua morte e morte de cruz nos livrou da condenação da lei do pecado. Agora podemos andar, não segundo a carne, mas segundo o Espírito (Romanos 8: 4).

Conc. Pela graça de Deus triunfamos sobre o poder do pecado. A manifestação da graça de Deus tornou possível ao homem viver uma vida livre da escravidão do pecado. Hoje podemos viver, não segundo a inclinação da carne, mas segundo a lei do Espírito de Vida que habita naqueles que creem e decidem andar sobre o Seu controle. (Rm. 8:7).


Aplos. Ivanildo e Cássia Beatriz.
16/07/2017. “2017 – A Minha Família no Altar”
Acesse: www.bna12.com.br

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

 Top