18/01/2015 – Vida e Morte; Principio Espiritual
Por Comunicação BNA | 303 Visualizações | 08/06/15

morte-e-vida

Quebra Gelo – Pergunte aos participantes, se há entre eles alguém que já teve alguma queda de uma altura significante. (1 mt. ou mais). Peça para relatar a sensação da queda (Em breve tempo).

Texto base – Ef. 2:1-10
Int. Tanto no mundo físico como no mundo espiritual, há princípios que não podem ser ignorados. Independentemente de se conhecer ou não a lei da gravidade, ela é real e é um principio imutável e quando violada colhe-se as consequências. Como as leis físicas que governam o mundo material, existem princípios espirituais que regem o mundo espiritual e que igualmente são imutáveis e regem o relacionamento entre Deus e o homem.
Prep. “Independentemente de se conhecer ou não os princípios espirituais, todos estão debaixo dos seus
efeitos”.
Vamos conhecer alguns destes princípios espirituais:

1) Separado de Deus o homem está morto espiritualmente (Rm. 5:3).
Não há nada que o homem possa fazer por si mesmo para mudar esse principio. Por causa do pecado a morte passou a todos. Esse é o efeito do pecado, a morte espiritual. “O salario do pecado é a morte” (Rm. 6,23).
A primeira consequência do pecado é a separação de Deus (Is. 59: 1, 2).
Por isso, todo aquele que permanece no pecado está separado de Deus. Esta desconexão entre o homem e Deus, faz com que a sua alma permaneça sobre o efeito da morte.
Deus nunca vai compactuar com o pecado. Ele abominando o pecado.
2) O Amor de Deus Não Muda (Jo. 3:16).
Não há na face da terra alguém que Deus não possa amar, por mais que este esteja envolvido no lamaçal de pecado, o Senhor continua amando-o. Deus criou todas as coisas, mas só ao homem revelou o seu amor por intermédio de Seu Filho. Ainda que Ele deteste o pecado, sempre amará o pecador.
3) Deus Veio ao Encontro do Homem (I Tm. 2:4-6).
A iniciativa da salvação partiu do coração de Deus.
No Eden, enquanto o homem se escondia, por causa da sua vergonha, e ao tentar encontrar uma solução (terrena) para esconder a sua vergonha, o próprio Deus veio ao seu encontro e estabeleceu o plano de resgate da humanidade. “Da semente da mulher nasceria aquEle, que pisaria na cabeça da serpente, subjugando a morte” (Gn. 3:15).
A salvação é um projeto do céu, a iniciativa partiu do céu para a terra.
4) Jesus Cristo é o Único que pode Salvar o Homem (At. 4:12; Jo. 14:6)
Jesus, (Mashia), o Filho de Deus deixou o esplendor de sua gloria, se fez homem e sendo homem se humilhou até a morte e morte de cruz, para trazer salvação e justificação ao que estava perdido, e condenado (homem).
A salvação não pode ser comprada e nem vendida, é pela graça, é exclusivamente resultante do sacrifício de Cristo, não de obra humana. (Ef. 2:1-10).

Conc. Hoje, todo aquele que crê em Jesus Cristo, e arrepende-se de seus pecados, e O reconhece como seu Senhor e Salvador, recebe o perdão dos pecados e passa da morte para a vida. A sua comunhão com Deus é restaurada. O Efeito do pecado não mais terá domínio sobre sua vida. Esse é um principio espiritual de Deus, que resgata o homem do império das trevas e transporta-o para o Reino do Seu Filho amado (Col. 1:12-14).

Apls. Ivanildo e Cassia Beatriz – BNA
08/01/15. “Restaurando o Altar para Legitimar uma Colheita Fiel”

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

 Top