21/06/2015 – O Poder do Testumunho Eficaz – Parte I
Por Comunicação BNA | 277 Visualizações | 01/07/15

Sem. 21 a 28/06/15
Mt. 5:13 – 16

Uma das armas mais poderosas para conquistar vidas para o Senhor, é o nosso testemunho. Por isso Jesus nos comissionou para sermos testemunhas eficaz do seu reino. Quando a palavra diz, que somos sal da terra e luz do mundo, está afirmando que o nosso testemunho tem o poder para fazer a diferença neste mundo. Ter um testemunho eficaz é dar o exemplo de uma vida cristã. É mostrar ao mundo que fomos transformados por Cristo. Pois as coisas velhas se passaram e tudo se fez novo (2 Cor. 5:17).

O poder do testemunho eficaz é a genuína expressão do Evangelho de Cristo na vida do cristão:

1) Fazendo a diferença no mundo dos iguais – Ser o sal da terra é fazer a diferença em nossa geografia. A Bíblia diz que se o sal não salgar, para nada mais presta. A falta de testemunho tem sido uma arma na mão do inimigo para impedir as pessoas de entregar a sua vida a Cristo. As pessoas estão lendo a Bíblia através da vida do cristão, elas não entenderão o que estamos pregando, se antes não ver em nossas atitudes tudo aquilo que pregamos. O testemunho de uma vida transformada muitas vezes fala mais alto que as nossas pregações. Lembre-se, alguém diz:. “O que você faz soa tão alto que não ouço o que você diz”.

2) Fazendo brilhar a Luz de Cristo – Ser a Luz deste mundo é andar em conformidade com o evangelho de Cristo. O apóstolo Paulo chama a atenção da igreja de Éfeso para que possa andar de forma digna da vocação com que foram chamados (Ef. 4). Isto significa que o cristão deve proceder dignamente diante de Deus e dos homens, para que o Senhor seja glorificado. Jesus disse que todo aquele que o confessar diante dos homens, Ele o confessará diante do Pai que está nos céus (Mt. 10:32). Confessar a Jesus diante dos homens, não é só falar, mas sim agir de forma com que Cristo seja evidenciado em toda a nossa maneira de viver. Na carta aos Colossenses o apóstolo Paulo ensina que a igreja deve andar com sabedoria, para com o que são de fora (Cl. 4:5,6). As nossas atitudes devem manifestar o amor de Deus em nosso coração, para que o nosso testemunho seja eficaz e assim nos tornemos em instrumentos nas mãos do Espírito Santo para tocar esta geração.

Conclusão – Quando a igreja primitiva foi perseguida, em vez de se esconder com medo, ela decidiu testemunhar com mais ousadia ainda. Os cristãos oravam para que o Senhor os enchesse de coragem para poder testemunhar com mais ousadia (At 4.24-31). O testemunho eficaz da igreja foi capaz de chegar em todos os lugares nos seu tempo, a mensagem correu tão velozmente e poderosamente, que a perseguição e violência não puderam impedir a mensagem da Cruz (At. 5:28). Seja a diferença neste mundo, deixe a luz de Cristo brilhar em sua vida, e seja o instrumento que Deus que usar nesta geração. O Senhor nos incumbiu para uma sublime missão, a de anunciar as boas novas do Evangelho de Cristo, e não podemos perder tempo. Ele conta com você!

18/06/15. “Restaurando o Altar para Legitimar uma Colheita Fiel”.
Aplos. Ivanildo e Cássia Beatriz.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

 Top