23/07/2017 – Entendendo o poder de uma Aliança.
Por Comunicação BNA | 231 Visualizações | 25/07/17

Sem. 23 a 29/07/2017
Gálatas 3:13-15

Uma aliança é algo que foge as regras externas, ao decreto do tempo cronológico. Representa a separação de alguém ou alguma coisa, para pertencer a uma única pessoa, um único dono. Deus foi tão exigente em relação à aliança Dele com seu povo, que exigiu o reconhecimento desta aliança no próprio corpo (a circuncisão). Pode-se dizer que é uma marca eterna, um pacto permanente. Ainda depois da morte física, permanece. Podemos afirmar que o ser humano, tem alianças de diversos tipos: espiritual, matrimonial, paternal, maternal, fraternal, de amizade, de discipulado. Quando Jesus levanta doze homens para andarem com Ele (Mt. 10), estava procurando aqueles que poderiam estabelecer uma aliança espiritual de eternidade. Que teriam capacidade de ser Igreja aqui na terra. Quando andamos na proposta de liderança de Jesus (discipulado), precisamos estar prontos para correspondermos à fidelidade neste discipulado. E o Senhor chamou cada um de nós hoje para vivermos nesse nível.

No texto que lemos o apóstolo Paulo estava escrevendo a igreja de Gálatas que na época do Apóstolo Paulo Galácia era uma província romana situada na região central da Turquia. A maior parte dessa nação era um grande e fértil planalto por onde havia se mudado um grande número de pessoas por causa das condições favoráveis à agricultura. E por ser uma região populosa se tornou um dos focos do apóstolo e ali ele pregou a palavra e muitos se converteram.  Porém o objetivo dessa carta era levar o esclarecimento aquele povo sobre a autenticidade do evangelho, a superioridade do evangelho e a liberdade do evangelho, lembrando-os que a aliança uma vez confirmada, ninguém poderá anulá-la, pois estavam deixando de viver a aliança pela fé em Jesus Cristo para viverem um legalismo, ou seja, retornarem á lei. E podemos perceber que essa luta ainda existe até hoje, muitos acreditam que se for bom e fizer boas obras já alcançaram a salvação. E a nossa salvação é o resultado de uma aliança eterna com Deus, que foi, é e sempre será fiel em seu lado dessa Aliança. E todo esse contexto nos leva a ideia de que precisamos entender o que é aliança.

Para alcançarmos esse entendimento:

  1. Precisamos entender o que Cristo fez por nós: Paulo no versículo 13 está retratando o nível de aliança de Cristo com Sua Igreja e também com cada ser humano, cada pessoa que se aproxima Dele (Jo. 3:16). Ele deu a sua vida para que pudéssemos entrar numa aliança com o Pai. Por meio de Jesus Cristo a benção que era sobre Abraão e sua posteridade chegou até nós (Gênesis 12:1-3) Ele não nos força a entrar em aliança. Ele simplesmente se dá, se entrega até a morte, para garantir o direito de aliança a todos e legitimar o seu poder em nós (Jo. 1:12). Hoje em nosso contexto social e familiar, perdemos esse entendimento do que significa estar aliançado com alguém. Como diz as Escrituras Sagradas: “Sê fiel até a morte e dar-te-ei a coroa da vida”. Uma aliança permanece protegida quando há fidelidade até a morte.
  2. Precisamos entender que a Aliança uma vez confirmada, é eterna: Quando falamos no sentido original da Palavra Aliança refere-se, na NOVA ALIANÇA a qual vivemos, sobre a decisão de Deus de salvar a humanidade por meio da graça e essa decisão nos alcançou um dia e hoje vivemos por meio da graça salvadora de Cristo, que nos libertou e nos tirou do mundo das trevas para vivermos como filhos pela Aliança da Cruz. Agora cabe a nós sermos fiéis a essa Aliança, nos comprometendo com essa Aliança, nos afastando daquilo que nos contamina e nos torna distantes dos planos de Deus para nós. Jesus te escolheu para que esse Pacto fosse eterno e não momentâneo.

Conclusão: Quando entendemos o poder de viver em Aliança e vivemos fiéis a essa aliança, alcançaremos a promessa de Deus para as nossas vidas, estar eternamente com Ele, Jesus está voltando igreja que encontre em nós a fidelidade e a verdade diante dessa Aliança. Que possamos confiar na declaração de Deus ao  salmista Etã (Salmos 89:34) Não quebrarei o meu concerto(Aliança), não alterarei o que saiu dos meus lábios. Viva em um nível mais profundo de aliança e o Senhor prosperará todos os seus caminhos.

Pastores Fabiano e Wivian

23/07/2017. “2017 – A Minha Família no Altar”

Acesse: www.bna12.com.br

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

 Top