27/08/2017 – OS INIMIGOS QUE SE LEVANTAM CONTRA A NOSSA FÉ
Por Comunicação BNA | 181 Visualizações | 28/08/17

OS INIMIGOS QUE SE LEVANTAM CONTRA A NOSSA FÉ

 

Texto: Hebreus 11: 33 – 40 Sem. 27/08 a 01/09/2017

 

Quando falamos de fé somos desafiados por Deus a conduzir nossa vida de uma forma incomum, pois fé é viver na dependência, fé é crer quando não existe, fé é ver o que ainda não se contempla ao natural, fé é romper com o orgulho, fé é chamar a existência daquilo que se espera. A nossa fé pode ser estabelecida em quatro níveis ao longo da nossa vida: A fé natural – aquela fé que nascemos com ela, todas as pessoas têm, salvas ou não, usamos essa fé em nosso cotidiano, por exemplo, cremos que iremos acordar no outro dia, ao sair de casa temos a certeza que chegaremos ao nosso destino essa fé está relacionada as coisas naturais da vida. A fé para salvação – É aquela que vem pelo ouvir da Palavra de Deus (Romanos 10: 8 – 17), é quando cremos pela Palavra que Jesus morreu por nós para nos dar a salvação. A fé em ação: É quando somos praticantes da Palavra de Deus, quando fazemos declarações dessa promessa, diante das circunstâncias, esse tipo de fé não depende das nossas emoções ou sentimentos, ela requer sim conhecimento do Deus que servimos por meio das Escrituras e do nosso relacionamento com Ele. A fé como dom – é aquela concedida à Igreja por meio do Espírito Santo, conforme o seu querer (I Coríntios 12:9), essa fé nos leva a ser instrumentos para que os sinais e maravilhas de Deus se manifestem em nosso meio.

 

O texto que lemos relata de uma maneira geral a vida daqueles que decidiram viver por fé e fazem parte da chamada “Galeria da Fé”, os quais viveram e se moveram nesses quatro níveis de fé que acabamos de descrever, homens e mulheres que o mundo não era digno, que romperam com seus materialismos, que creram acima das circunstâncias, que buscaram um relacionamento íntimo com Deus Todo Poderoso. Hoje o Senhor nos chama para vivermos em fé, para também rompermos com o nosso materialismo, para aprofundarmos o nosso relacionamento com o Pai, com o Filho e com o Espírito Santo, para movermos acima das circunstâncias. Porém para isso é necessário vencer os inimigos que se levantam todos os dias como gigantes diante de nós para impedir-nos de desenvolver a nossa fé de forma legítima, que são:

 

1. O medo – O medo é um grande inimigo da nossa fé, pois nos paralisa e ofusca a nossa visão, uma pessoa amedrontada não consegue vislumbrar a promessa, e não tem convicção de conquista. A cegueira causada pelo medo não nos deixa ousar rumo à vontade de Deus para as nossas vidas.

2. A incredulidade – A incredulidade é uma recusa deliberada a crer. Nasce do desejo de rejeitar o que é verdadeiro sobre Deus por motivo de conveniência. É olhar para Deus, não se agradar do que se vê e recusar-se a confiar.

3. A dúvida – Quando recorremos ao dicionário percebemos que dúvida nada mais é que: uma condição psicológica ou sentimento caracterizado pela ausência de certeza, convicção quanto a uma ideia, fato, ação, asserção ou decisão. A dúvida é uma fraqueza e doença da fé. É algo que vem e contra o que o crente luta. E esse sentimento muitas vezes rege a nossa vida e limita o nosso campo de fé. Por isso que duvidar da dúvida é essencial na vida cristã. Em geral, a dúvida aproveita-se das circunstâncias da vida para prevalecer.

Conclusão: Os grandes heróis da fé tiveram de vencer esses inimigos que se levantavam dia após dia diante deles, esses heróis não se entregaram, mas ousaram crer diante das guerras, afrontas e perseguições de sua geração. Hoje o Senhor continua alistando homens e mulheres para fazer parte de um grande exército que se move por Fé, que persistem, permanecem e prevalecem contra os inimigos que tenta na nossa geração nos derrubar. Creia. Você nasceu para vencer, colocando a sua Fé em Ação.
Pastores Fabiano e Wivian
27/08/2017. “2017 – A Minha Família no Altar”
Acesse: www.bna12.com.br

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

 Top