28/12/15 – Conhecer á Deus é viver Seus princípios
Por Comunicação BNA | 310 Visualizações | 28/12/15

um-deus-que-se-revela

Sem. 27/12/2015 a 02/01/2016
Texto: Mt 7:1-5,  Mt 7: 16-21

INTRODUÇÃO:    Jesus, neste texto estava ensinando seus discípulos como se comportar, estava falando sobre suas atitudes, passando algumas ordenanças e lhes ensinando que eles precisavam ser diferentes por ser luz para este mundo.  Pois pelos frutos se conhece a arvore, ou seja, por suas atitudes eles seriam reconhecidos. Mas para darmos frutos bons precisamos conhecer a Deus e vivermos segundo sua vontade para nós. Jesus aqui apresenta algumas praticas no cotidiano para que possamos viver esses princípios:

  1. JUIZO X JULGAMENTO – não julgar (MT 7:1-3)

Jesus nos deixa claro que a nós não é dado o poder para julgar ninguém, pois esse poder só pertence á Ele. E da mesma forma que julgarmos os outros nós também seremos julgados, na mesma medida que medirmos os outros, nós seremos medidos. Nós não somos juízes, mas antes de apontarmos os outros precisamos nos autoanalisar.

  1. CISCO x TRAVE – se autoanalisar ( MT 7:3-5 )

Ás vezes nos preocupamos tanto com as atitudes das pessoas que nos esquecemos de analisarmos á nós mesmos. Jesus nos deixa claro que antes de ajudarmos os outros a enxergarem seus erros, ou atitudes erradas devemos antes prestar a atenção como tem sido as nossas atitudes.

  1. ÁRVORE X FRUTOS – atitudes falam mais que palavras ( MT 7:16-20)

Quando paramos para analisar a natureza, podemos perceber algumas diferenças entre uma árvore e outra. Existe uma variedade inúmera de diferentes qualidades de frutos, e cada um com suas características, formas diferentes, no entanto sabemos que todas as árvores possuem raiz tronco galhos e folhas, mas o que diferencia uma das outras são seus frutos. Acho que chegamos ao ponto chave da nossa mensagem, como lemos não tem como uma árvore má dar frutos bons e nem uma árvore boa dar frutos maus, por isso podemos concluir nossa análise dizendo que pelos frutos se conhecem a árvore.

CONCLUSÃO: (MT 7:21) Em nossas vidas muitas vezes usamos mascaras, nossos lábios dizem uma coisa enquanto que nossas atitudes falam totalmente o oposto. As vezes estamos pregando algo e vivendo totalmente diferente do que a bíblia diz que precisamos viver. Mas não existe outra forma melhor de se pregar o evangelho do que sendo testemunhos da palavra de Jesus. Para conhecer a Deus é fundamental conhecermos a Sua vontade expressa na Sua palavra. Temos que deixar Deus agir em nós como Ele quer, e assim O conheceremos e com certeza saberemos qual é a sua boa e perfeita vontade para nossas vidas, e poderemos viver no centro da Sua vontade.

14/11/15. “Restaurando o altar para legitimar uma colheita fiel”.
Juliano Oliveira e Rebecca Crisley
www.bna12.com.br

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

 Top